sábado, 8 de novembro de 2014

E desaparece mais um


Estavam 239 pessoas abordo, e fazia a viagem para Pequim.
É impressão minha ou isto já é sina da Malaysia Airlines.


Mas onde é que estes aviões enormes vão parar?
Desaparecem sem deixar rastro!
Como é possível?




segunda-feira, 20 de outubro de 2014

Aos 50 anos "o sexo" já não tem importância?

Esta notícia está em todos os jornais, e é absolutamente escandalosa. Uma mulher fica marcada para o resto da vida, por um erro médico, mas esse erro é desvaloziado por um juíz qualquer, porque afinal a vítima tem 50 anos, e como uma das sequelas com que ficou, foi a impossibilidade de manter relações sexuais, esse erro já não é tão gravoso assim.
Ninguém pensa que um médico erra propositadamente, todos os profissionais erram, mas naturalmente por trabalhar com vidas humanas, as consequências dos erros médicos são maiores. Este caso nem devia ter ido à tribunal, o hospital devia automaticamente assumir o erro médico e indemnizar a vítima.
Se um homem com 50 anos fosse operado aos genitais e por erro médico se tornasse impotente, e travasse uma batalha na justiça julgada por este juíz, será que a mesma seria reduzida, devido à idade do Sr.? 
Apesar de por todos os meios de comunicação se apregoar "modernidade" de valores, esses pregões são hipócritas e mentirosos, os valores justos não evoluíram, não só pelo machismo deste acórdão como também pela pouca transparência deste juiz.





terça-feira, 7 de outubro de 2014

O tempo não espera!!! E passa a correr...

A vida tem um triste defeito, não conserva por mais nem um segundo, os momentos felizes, a contentação é que também não prolonga os momentos tristes. Os momentos prolongam-se por si só, mas recordações, e se os maus momentos, doem cá dentro por muitos anos, talvez para sempre, os bons e felizes enchem-nos o coração e irradiam alegria e satisfação.

A vida por vezes insisti em empurrar-nos para caminhos, que não percebemos, e nós deixando-nos levar, acabamos por concordar, que afinal ela até faz algumas coisas bem feitas.
Desde 2011, que os meus blogs tem andado parados, tornaram-se enfadonhos aos leitores que por aqui costumavam passar, e quase esquecidos para mim.

Durante quase três anos andei a apanhar a pouca vontade de escrever, e a arruma-la direitinho numa gaveta, depois guardava a chave numa caixinha, e atirava-a essa caixinha para o fundo do roupeiro. De vez enquanto durante arrumações encontrava a caixinha onde guardava a chave da gaveta onde tinha guardado a pouca vontade de escrever, normalmente encontrava a pouca vontade de escrever nos momentos felizes e tentava prolonga-los nas recordações. Depois vinha a rotina, a falta de tempo, a correria do dia a dia, e a chave da gaveta voltava a perder-se!

No dia 20 de Setembro às 14h14, concretizou-se mais um grande momento na minha vida, um momento muito feliz, e naturalmente a vontade de o perpetuar, é mais que muita, como o tempo não espera, e passa a correr, venho aqui 18 dias depois, renovar os votos com os blogs e com a escrita, com a vontade de ser melodramática, voraz, reguila, malandra, travessa, nada submissa, controversa, contestatária. Ser assim, ser quem sou, ser feliz!!!

sábado, 5 de julho de 2014

Ébola

Nunca houve registos de tantos danos humanos causados pelo Ébola, como a crise que vivemos. Começa sempre em África, mata milhares, mas como esta controlado, naquele continentezito, a malta não quer saber, não investe, não procura.

Causa febres, e hemorragias, com dores fortes, é um dos vírus mais mortais de que há registos, quando se dá conta que se pode contagiar, já se contagiou.
Devastador,

Precisamos de laboratórios, menos virados para o lucro e mais para a humanidade, que estudem forma de proteger as populações deste flagelo, mas até agora isso não existia, porque o vírus andava isolado em África.

Agora que temos casos confirmados na Europa e na América, agora é que a porca vai torcer o rabo!


quinta-feira, 12 de junho de 2014

Começa hoje

E eu estou que nem me aguento é que vão ser agonias constantes, ansiedades, frustrações. É ver as pessoas sem unhas, com os cabelos desgrenhados, com bandeiras às costas tipo capa de super-homem, bandeiras na cabeça tal e qual o António Banderas no Zorro.


É que são figurinhas, molto triste, denotam loucura, transbordam tonteira e isso não dá para mim.
Isto do futebol, ainda se aguenta quando é um jogo por semana, um joguinho tranquilo, sem relato, agora isto não, é que esta a tornar-se doentio!!!

Depois vem a incerteza da equipa de Portugal, todos os momentos à críticas, e o treinador assim e o calcanhar do Ronaldo assado, e a federação cozido, e esta miudezas, vão incomodando, vão amarfanhando assim a minha paciência!

E a cultura futebolística, Valha-me a Santa, acudam-me os anjinhos, esta pobre alminha quer manter espaço na sua mente para abarcar outras ideias outras emoções. Impossível, vão ser dias terríveis!!!
Preciso de umas horas de terapia, terapia do sossego da bola!!!

quarta-feira, 16 de abril de 2014

Gosto de gente,

bem humorada, de riso fácil, de abraço apertado.
Gente de coração grande que faz amigos só pela amizade,
e ama só pelo amor!

quarta-feira, 19 de fevereiro de 2014

O Facetruques e o Que é

Todos os dias há uma novidade, completamente inesperado 
é o anuncio da compra do whatsapp pelo facebook.



22 bilhõess de dólares!!!

E por uma app com deu prejuízo. O Mark terá os seus motivos!

designed by Charming Templates