Avançar para o conteúdo principal

A Resiliência

Ter capacidade para enfrentar as crises, os traumas, as perdas, as adversidades, transformações ou rupturas, recuperar-se perante as mesmas é ser resiliente. E a interação com os outros é fundamental, para a superação, a resiliência é empática, é feita de parcerias e encontros, convida-nos ao amor.
 
Ser inteligente, reflexivo e responsável é o início do caminho para a resiliência, mas esta exige também uma força de vontade enorme de ser atingida, e uma grande tolerância à mudança.
Faz parte da sua construção a definição de objetivos, o optimismo, o respeito pelo comportamento, só assim se consegue fortalecer a estrutura emocional.
 
Resistir à pressão, não faz de nós resilientes, apenas resistentes, "segurar as pontas" é preciso, mas mais que isso o importante é aprender com as dificuldades, ter flexibilidade, capacidade de adaptação e muita criatividade para encontrar soluções alternativas.
 
Perder o orgulho, a insegurança, acreditando que o fracasso por vezes é a melhor opção, para nos podermos reerguer, dá-nos a verdadeira força para suportar o sofrimento, aprender com ele e crescer pessoalmente.
 
A resiliência permite-nos conjugar os fatores externos e internos, como a subjetividade e as circunstâncias sociais, produzindo um sentido para a nossa vida, um rumo, um caminho; dá-nos uma direcção que perpassa os objectivos e nos ajuda a alcançar os projectos escolhidos.
 
Esta força mental, proporciona-nos a possibilidade de compreender a diferença entre ser duro e ser forte, de entender a falsa tenacidade, e de vislumbrar a felicidade de conseguir absorver os impactos antes das fracturas.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

A vergonha do Colégio o Parque e a Av. das Descobertas!!!

Senão mais que uma VERGONHA, com o assentimento da PSP, e da CÂMARA MUNICIPAL DE LISBOA é o que todos dias os condutores que passam por ali de manhã são obrigados a presenciar. Para quem não conhece a Av. das Descobertas no Restelo em Lisboa, têm três faixas de rodagem para cada sentido, a Av. desce desde o alto do Restelo, passando pelo Hospital São Francisco Xavier, e dando berma a uma série de Embaixadas que por ali se sediam. Uma das instalações ou filiais do Colégio o Parque, está do lado direito de quem desce a Av. e recebe centenas de crianças, a verdade desta história toda é que quem licenciou a abertura de mais uma escola naquela Av., deveria estar completamente cego, ou então fez que não via, pois não acautelou a necessidade dos pais irem deixar os meninos à escola, e não terem sitio onde parar os carros enquanto tiram as crianças. O desprezo total pela sociedade e por todas as pessoas que também pagam os seus impostos e contribuem produtivamente para o progresso de Portugal e …

Máquina de fazer gelados

Andei a namorar umas maquinetas de fazer gelados duranteuns diazinhos, à partida pode parecer um namoro curto, mas tendo em conta que durante 5 dias não tirei a ideia da cabeça, e matutei constantemente na coisa, e no mais-que-tudo, e na mãe e até cheguei a pedir o bicho como presente de aniversário, parece-me que podia ter sido um caso sério de internamento.
Eu procurei exemplares na Worten, no Media Market, na Pixmania, eu andei nos sites da Fagor e da Krups, mas apesar de não serem um disparate de preço, o certo é que não me estava a apetecer dar cerca de 50€ por uma maquineta de gelar gelados, estranho?
Passo a explicar, os gelados são a coisa mais fácil de se fazer, é bater a fruta, o leite ou as natas, os ovos, ou o chocolate, enfim, fazer um preparado com ingredientes a gosto, a complicação é somente quando pomos aquele preparado maravilhoso, num tupperware próprio para o congelador, e aguardamos ansiosamente para  que não se transforme num saboroso bloco de gelo. A coisa intrigav…

Quick Plus

A ideia não é recente, o Pingo Dice teve em tempos um sistema idêntico.

Mas neste momento parece-me que o Jumbo é o único supermercado com este sistema, e é tão bom, super rápido, intuitivo e super prático.

Recomendadissimo!