quarta-feira, 26 de julho de 2017

A Justiça tarda mas não falha!

No dia 20 de Fevereiro, comentei por aqui uma noticia que muito me incomodou, o seu título era: "Aos 50 anos "o sexo" já não tem importância?", o título correspondia a parte de um trecho de um acórdão do tribunal português, que decidia sobre um erro médico, num procedimento ginecológico a uma mulher que tinha ficado com 73% de incapacidade.
Hoje passado tanto tempo e já tendo está senhora 60 e alguns anos, uma demência progressiva e uma auto-estima destruída, veio o tribunal europeu dos direitos humanos condenar Portugal e os tribunais portugueses por tamanha atrocidade!



Sem comentários:

designed by Charming Templates