quarta-feira, 31 de dezembro de 2008

Feliz 2009

Muita Saúde, Paz e Harmonia.

image

São os meus votos para todos,

afinal na vida o mais importante é isso mesmo,

tudo o resto vem por acréscimo, com boa vontade, compreensão e muito amor.

quarta-feira, 24 de dezembro de 2008

Um Santo Natal...

Apesar de nas últimas décadas estar sempre relacionado com o consumismo, para muitos o Natal ainda continua a ser a festa da família, dos encontros, dos abraços, das lágrimas de alegria e das tradições, para esses os meus votos de um Santo e Feliz Natal.

Este Natal será o meu último Natal, sem o meu embutido, a partir de 2009 a minha família estará mais rica, mais cheia e mais preenchida.

Já me sinto maravilhosamente abençoada. Obrigada meu Deus.

quarta-feira, 10 de dezembro de 2008

O Poema da "MENTE"

Há um primeiro-ministro que mente,
Mente de corpo e alma, completa/mente.
E mente de maneira tão pungente
Que a gente acha que ele, mente sincera/mente,
Mas que mente, sobretudo, impune/mente...
Indecente/mente.
E mente tão nacional/mente,
Que acha que mentindo história afora,
Nos vai enganar eterna/mente.

 

preciosidade enviada por email!

quinta-feira, 4 de dezembro de 2008

terça-feira, 2 de dezembro de 2008

A nova lei do divórcio

Apesar das contestações e recomendações do PR o parlamento não esteve nem ai e não modificou a nova lei do divórcio, aquela em que sem qualquer consentimento um dos conjuges se pode divorciar sem dar qualquer explicação ao outro.

Segundo esta nova lei, independentemente do regime matrimonial escolhido, na altura do divórcio imperará o regime de bens adquiridos sendo que receberá mais, quem financeiramente contribuiu mais.

Fiquei realmente chocada e revoltada com a aprovação desta nova lei, pois afinal quando um dos conjuges contribui financeiramente mais não significa que o outro não contribua, ou que não tenha um papel imprescindível para o primeiro poder contribuir daquela maneira.

Ou seja, vejo por mim e pelo meu mais-que-tudo, financeiramente o meu mais-que-tudo, contribui mais, o seu salário é maior, para ter esse salário mais chorudo tem de se ausentar do país com frequência, e chegar mais tarde, estar menos presente portanto, assim implica que eu esteja mais em casa e que assegure a retaguarda, ainda mais agora com a vinda do nosso embutido.

Se daqui a 30 anos, que Deus Nosso Senhor nos livre e guarde, mas se daqui a 30 anos, ele quiser dar umas voltinhas com uma jeitosa de 25 anos e pedir o divórcio, como independentemente do regime matrimonial escolhido a divisão dos bens será feita pelo regime de bens adquiridos tendo em conta quem contribuiu mais financeiramente para o matrimónio, não terei duvidas em avaliar que o meu mais-que-tudo, certamente receberá mais bens que eu.

Existem outros n exemplos possíveis de aplicar esta lei injusta, por exemplo mulheres que desistem por completo das suas carreiras profissionais em comum acordo com os maridos, para poderem tratar dos filhos que ambos decidiram ter.

Enfim... só no nosso pais, pergunto-me é porquê? Haverá algum deputado que queira dar com os pézinhos na sua querida, e sair beneficiado?

designed by Charming Templates