25 de novembro de 2017

6 Anos sem avó

novembro 25, 2017 0 Comments
Passaram 6 anos desde que a minha avó mais querida deixou a vida, a dela e a nossa. Deixou-nos para sempre cheios de saudades, deixou-nos tristes e com falta, das suas graças, das suas risadas, das suas resmunguices boas.

Só conheceu três bisnetos, e agora tem já cinco, os dois que não a conheceram, sabem-na por nós, ouvem as suas histórias, e também eles de um modo muito copiado sentem a sua falta.

São tantos os momentos que a recordo de sorrio nos lábios, mas são muitos mais aqueles em que o coração está apertado com as saudades que pesam...

9 de novembro de 2017

"Não compararás"

novembro 09, 2017 0 Comments
Comparar é a forma verbal que confronta realidades, e as iguala ou diferencia. Está-nos na massa do sangue, viver em comparações. 

Comparamos constantemente a nossa vida, com a dos outros! Vivemos a olhar para o que os outros tem, e a enquadrar esse ter na nossa vida, nesse constante comparar que fazemos diariamente, muitos até de forma inconsciente, não acarretamos com a responsabilidade das comparações, e não pomos face a face, frente a frente, as características e tudo o que as constrói. 

Normalmente vejo a malta a comparar o resultado do esforço mas nada do que o antecede, pior vejo que comparam o ter mas não o modo de alcance. 

Gente do meu coração, não comparem, comparar é tão feio quanto apontar. Transpor para a nossa vida a vida dos outros causa paralisias, inflamação aos nervos!!!