Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

A mostrar mensagens de 2017

Desejos

Cheira a Natal

A minha casa não está assim, afinal teria de furar a laje e ocupar a casa do vizinho de cima, para montar uma árvore destas dimensões, mas esta também ela luminosa, e cheia de brilhos.
Fizemos a decoração de natal em conjunto, e este ano não partimos nenhuma bola. Os miúdos estão a ficar crescidos!!!

Tão maravilhosamente rosa!

Este prédio é lindo, este rosa é lindo, até as flores das árvores combinam!!!

6 Anos sem avó

Passaram 6 anos desde que a minha avó mais querida deixou a vida, a dela e a nossa. Deixou-nos para sempre cheios de saudades, deixou-nos tristes e com falta, das suas graças, das suas risadas, das suas resmunguices boas.

Só conheceu três bisnetos, e agora tem já cinco, os dois que não a conheceram, sabem-na por nós, ouvem as suas histórias, e também eles de um modo muito copiado sentem a sua falta.

São tantos os momentos que a recordo de sorrio nos lábios, mas são muitos mais aqueles em que o coração está apertado com as saudades que pesam...

"Não compararás"

Comparar é a forma verbal que confronta realidades, e as iguala ou diferencia. Está-nos na massa do sangue, viver em comparações. 
Comparamos constantemente a nossa vida, com a dos outros! Vivemos a olhar para o que os outros tem, e a enquadra esse ter na nossa vida, nesse constante comparar que fazemos diariamente, muitos até de forma inconsciente, não acarretamos com a responsabilidade das comparações, e não pomos face a face, frente a frente, as características e tudo o que as constrói. 
Normalmente vejo a malta a comparar o resultado do esforço mas nada do que o antecede, pior vejo que comparam o ter mas não o modo de alcance. 
Gente do meu coração, não comparem, comparar é tão feio quanto apontar. Transpor para a nossa vida a vida dos outros causa paralisias, inflamação aos nervos!!!

A Justiça tarda mas não falha!

No dia 20 de Fevereiro, comentei por aqui uma noticia que muito me incomodou, o seu título era: "Aos 50 anos "o sexo" já não tem importância?", o título correspondia a parte de um trecho de um acórdão do tribunal português, que decidia sobre um erro médico, num procedimento ginecológico a uma mulher que tinha ficado com 73% de incapacidade.
Hoje passado tanto tempo e já tendo está senhora 60 e alguns anos, uma demência progressiva e uma auto-estima destruída, veio o tribunal europeu dos direitos humanos condenar Portugal e os tribunais portugueses por tamanha atrocidade!


"Davam a mãe para serem filhos do CR7"

Texto da Jornalista Isabela Stilwell in Jornal de Negócios
Leem na integra!!! E reflitam.


" Sei que é politicamente incorreto dizê-lo, mas indigna-me o aparente consenso com que as pessoas acolhem o "episódio" Cristiano Ronaldo e os gémeos, aceitando alegremente a versão de que foram gerados por uma barriga paga a preço de ouro. Como se não houvesse nada de chocante em que as crianças fossem entregues como se não passassem de um qualquer gadjet, encomendado pela internet, e que se espera ansiosamente tenha a nossa cara. Como se, em sendo verdade (e elas aceitam que sim) não houvesse nada de especial em mandar fabricar crianças propositadamente órfãs de mãe, exibindo-as narcisicamente como um produto exclusivo. Nem sequer vejo estranhar uma opção destas tomada por alguém que tem na própria mãe uma heroína, indispensável em todos os momentos.
Espantam-me os milhões de gostos quando alguém declara que aos filhos basta terem "pai e um pai inacreditável" como ele, como…

A Injustiça do Chumbo

Uma das polémicas dos jornais de hoje, trata as supostas orientações do Ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues, às escolas, sobre as transições, retenções, aprovações ou reprovações dadas aos alunos com negativas.


Diz a notícia que as tais orientações admitem o "chumbo" apenas como medida excepcional, e que o Ministério reconhece que o "chumbo" é "ineficaz, caro, punitivo e segregador".


Toda esta informação, não me apanha desprevenida, já que esta luta pedagógica sobre quem reprova ou fica retido no mesmo ano escolar, não é nova, vem até de há muitos anos, aquilo que me incomodou nesta noticia foram os comentários dos leitores. Ora vejamos alguns:

“A minha filha, no 7° ano, teve colegas a transitar de ano com 6 negativas e até, alguns, com faltas disciplinas. Ainda ontem me questionou de que vale estudar tanto... Claro que teve resposta, mas compreende-se a desmotivação de muitas crianças.”
“Concordo em tudo o que disse...na turma do meu filho passaram…

A Resiliência

Ter capacidade para enfrentar as crises, os traumas, as perdas, as adversidades, transformações ou rupturas, recuperar-se perante as mesmas é ser resiliente. E a interação com os outros é fundamental, para a superação, a resiliência é empática, é feita de parcerias e encontros, convida-nos ao amor.
Ser inteligente, reflexivo e responsável é o início do caminho para a resiliência, mas esta exige também uma força de vontade enorme de ser atingida, e uma grande tolerância à mudança. Faz parte da sua construção a definição de objetivos, o optimismo, o respeito pelo comportamento, só assim se consegue fortalecer a estrutura emocional. Resistir à pressão, não faz de nós resilientes, apenas resistentes, "segurar as pontas" é preciso, mas mais que isso o importante é aprender com as dificuldades, ter flexibilidade, capacidade de adaptação e muita criatividade para encontrar soluções alternativas. Perder o orgulho, a insegurança, acreditando que o fracasso por vezes é a melhor opção…

E viveram felizes para sempre

A noiva não é princesa de verdade, é apenas irmã de uma princesa de verdade, mas ia tão feliz, tão bonita e elegante que parecia uma verdadeira princesa. A história não saiu de um conto de fadas, mas espero que termine como tal, e viveram felizes para sempre.





Eu admiro

Neurônios receptores olfatórios!!!

Estas coisas do mau cheiro, são assim, como dizer... incómodas. Não existe pessoa no mundo, creio eu, que goste de gases mefíticos, fétidos, infectos, pestilentos, vá em suma o cheirinho a "pum" não é do agrado das pessoas em geral! Mas o assunto torna-se mais desagradável, quando encontro o mau cheiro quando entro num sítio fechado e o responsável pelo aroma desagradável está a sair! Quem sai normalmente já sai sem sentir o odorífero fedorento; apenas sabe que o deixou, porque sabe o ar que liberta, mas na realidade olfativamente já não o sente, agora eu que estou a entrar, tenho os neurônios receptores olfatórios, (células de transdução de sinal do sistema olfativo presente no epitélio olfatório) não saturados, e deparo-me imediatamente com um constrangimento respiratório complexo. Se me volto e saío para aliviar as minhas células receptoras sensoriais, a outra pessoa pode ficar melindrada, perceber que eu dei conta que libertou o que devia deixar guardado e cria-se um ep…

"Amor é Sintese"

Por favor, não me analise
Não fique procurando
cada ponto fraco meu
Se ninguém resiste a uma análise
profunda, quanto mais eu !
Ciumenta, exigente, insegura, carente
toda cheia de marcas que a vida deixou :
Veja em cada exigência
um grito de carência,
um pedido de amor !
Amor, amor é síntese,
uma integração de dados:
não há que tirar nem pôr.
Não me corte em fatias,
(ninguém abraça um pedaço),
me envolva todo em seus braços
E eu serei perfeita, amor!
Mirthes Mathias

Transplante de Coração Artificial

Foi ontem, no Hospital de Santa Maria, 


que se fez o primeiro transplante de um coração artificial, pelas mãos do cardiologista José Fragata,  foi um sucesso.

Tenho o coração pequenino

Adiei o mais que pude esta decisão, adiei, adiei, até não conseguir encontrar mais nenhuma razão que justificasse a permanência dos meus filhos no colégio que estavam até sexta passada.

O investimento que mensalmente fazia não apresentava retornos positivos, cada dia que passava se notava mais a falta de fio condutor de acções, de projectos e desenvolvimentos.

Durante meses, recusava-me a ver que aquela fosse a vontade do colégio, que a via da mediocridade fosse efectivamente o que pretendiam, para mim o elevar, cultivar e trabalhar a educação e aprendizagem só podem ser as prioridades de qualquer instituição de ensino; recusava-me a interiorizar que um colégio privado, estivesse constantemente a comparar-se com o público; recusava-me a acreditar que a direcção pudesse ser concordante com métodos repressores, ultrapassados e retroados, sendo usado o reforço negativo, a redução de auto-estima dos alunos, a aplicação de sofrimento emocional, a descriminação e em alguns contextos o bully…

13# O que eu dava agora, por um prato destes!!!

Iogurte Grego com Frutos Silvestres!!!



Hum... Respira profundamente...