quinta-feira, 30 de junho de 2011

SFF alguém me explica o comportamento da Rita Pereira no velório do ex-namorado Angélico!!!




Caramba, o rapaz tinha outra namorada, não queria nada com ela,
e a miúda não se toca, nem com o coitado a ser velado e enterrado!

Não há paciência para tanto vedetismo.

segunda-feira, 27 de junho de 2011

Mais uma vez, por favor, o cinto de segurança é para ser posto!!!

 
 
Que esta triste fatalidade, é sempre uma fatalidade quando vidas são ceifadas a jovens, pelo menos sirva para que todos, usem cinto de segurança, quando entram num carro, independentemente de andarem 1 km ou 100.

terça-feira, 21 de junho de 2011

1# Ainda à quem acredite no Pai Natal!!!

"Sócrates será julgado!!! Pôr em perigo a Independência do País é Crime de Traição (art. 7º da lei 34/8) e dá direito a pena de 10 a 15 anos de cadeira"

Jorge Silva Marques, comentário a noticia Ionline


Era o que devia ser, mas o Pai Natal não existe e infelizmente a Justiça em Portugal também não.

Habemus Primeiríssimo


Salva a esperança na mudança deste pais, com Sócrates completamente fora do poleiro,
aguardamos serenamente as medidas de reestruturação de Portugal.

quinta-feira, 16 de junho de 2011

"Os piores sítios do mundo para se ser mulher"

O Expresso divulgou hoje um relatório da TrustLaw Woman, uma fundação de Thomson Reuters, sobre os piores sítios do mundo para se ser mulher, fiquei chocada com o que li na notícia e com toda a repressão e violência no mundo que ainda se apropria da dignidade das mulheres.

Assim e em resumo, porque esta noticia, mexe comigo e com o meu estômago:
  1. Afeganistão - Violência, saúde e pobreza brutal, fazem deste país o Top de perigos para as mulheres.
  2. Congo - Um tormento pelo estupro usado como arma de guerra.
  3. Paquistão - Marcado pelos ataques com ácidos e crimes de honra
  4. Índia - Citada pelo trafico e escravatura sexual
  5. Somália - A gama completa

Na base desta classificação estão seis critérios, cuidados de saúde, violência sexual e não sexual, factores culturais e religiosos, falta de acesso a recursos e tráfico.

A violência sexual contra as mulheres, bem presente em todos os cantos do mundo, é ainda mais chocantes nos países enumerados neste estudo.

Revolta-me ler e saber que anualmente são violadas 400 mil mulheres no Congo, atacadas brutalmente por grupos de milícias que violam desde bebés de três anos a mulheres idosas, as violações acontecem em grupo e muitas vezes as mulheres são violadas com armas, e mutiladas.

Põe-me doente ler que as práticas de rituais tribais, são de tal forma brutais que no Paquistão as mulheres são queimadas com ácidos, forçadas a casar com apenas quatro anos, e que as punições para qualquer tentativa de luta contra este poder abusivo dos homens é o apedrejamento publico.

Para além das mulher que tentam publicamente falar ou assumir funções que desafiem os estereótipos enraizados, mas que são inaceitáveis, são intimidadas e mortas; o recurso à justiça é inexistente, e o convívio diário com esta realidade brutal eleva-a para o plano da normalidade.

Estou à 20 minutos a escrever este post, e à pelo menos meia hora, que não consigo pensar noutra coisa senão "Como é que é possível? Como?" 

quinta-feira, 9 de junho de 2011

Isto é que é trabalho duro.

.. e eu aqui a queixar-me do
 ar condicionado, ou melhor do não ar condicionado, 
da falta de entrada de ar novo, e da dor de cabeça que isso me causa.


Rio Marikina, Filipinas


quarta-feira, 8 de junho de 2011

1# Estes comentários dão-me medo, muito medo.

"Sócrates é um politico de fibra, coragem e determinação como nenhum outro. Cavaco e o PSD não tiveram coragem de o demitir (sozinhos) e foi o próprio Sócrates a faze-lo, com categoria. Agora sai da liderança do PS com dignidade e a humildade próprio dos grandes . O Pastel de Belém disse: Fui surpreendido e ultrapassado pelos acontecimentos. E o Robert Mugabe de Massamá ficou com cara de boii a olhar para o Palácio ao ver Sócrates demitir-se pelo seu pé de Secretário Geral do PS. É um grande Estadista e será o FUTURO PRESIDENTE DA REPUBLICA."



feito por um doido qualquer, a propósito e desta noticia pelo DN.

terça-feira, 7 de junho de 2011

A menina ainda não tem!!!


E achava uma certa piada em ter!!!

Alguém sabe quanto custa?

A Manuela Moura Guedes escreveu isto, e eu subscrevo.


"Mau demais"

"O País é estranho ou não percebeu a situação em que está: falido! Metade do dinheiro que a Europa e o FMI emprestam para 2011 vai ser gasto até Julho em juros e despesas do Estado."

"O desemprego é o maior dos últimos 90 anos. Sócrates duplicou-o (prometia mais 150 mil empregos). 250 mil desempregados nem subsídio recebem.
Temos 13 740 institutos públicos cheios de ‘boys’ e a maior dívida de há 160 anos, mesmo sem os 60 mil milhões das parcerias PP que alimentam os empreiteiros do regime. Tudo para pagar, como seriam os megalómanos TGV, aeroporto e terceira ponte. Temos a maior dívida externa dos últimos 120 anos, 230% do PIB. Os portugueses emigram como nos anos sessenta. Agora fogem os mais qualificados.
O salário médio é 777 €, em Espanha 1538 €, na Grécia 1200 €. E o mínimo é o mais baixo da Europa dos 15. Compramos os remédios mais caros com as pensões mais baixas. 30% da despesa com a saúde já é privada. 40% das crianças vivem na pobreza. Há a Face Oculta, o Freeport, a Cova da Beira, o Vale da Rosa, um curso manhoso, casas manhosas, amigos na vara e na PT...silêncios impostos e escutas silenciadas...fraudes, truques e mentiras. Se os portugueses quiserem dizer sim a tudo isto, merecem morrer de fome! E vão mesmo!"

Conseguem ver as diferenças, marcadas pelo sofrimento?




Isto não é só o passar dos anos, é a dor de uma mãe que não sabe onde está o filho, de uma mãe que nunca desistiu de procurar, de uma mãe que carrega uma cruz assombrosa, uma mulher com uma coragem e força impressionante, se é terrível só de imaginar os fantasmas com que diariamente convive Filomena Teixeira, a mãe de Rui Pedro, o pior o melhor, a vida, a morte, pensar, supor sequer o desaparecimento de um filho, deixa-me na loucura.
Portugal não fez nada por esta criança, nem por esta mãe e mais de 13 anos depois vem agora julgar o presumível raptor?
Que justiça é esta, que tanto tarda?

segunda-feira, 6 de junho de 2011

Quanto não vale

Chegar a casa cansada, até um pouco chocha, e de forma totalmente disparatada, porque a vida me sorri sempre, um pouco tristonha; e ter a minha espera uma surpresa deliciosa, que o mais-que-tudo preparou sozinho.
E esta hã?

O que faz o Photoshop?

Supostamente esta foto, foi tirada por um fotografo português de renome, António Gamito, no entanto não sei o que terá passado porque a piquena, a Ana da equipa azul turquesa do programa Peso Pesado, tem a pernoca e o joelho ao contrário.
Fisicamente a coisa é impossível dai ficar a dúvida, será que a queriam fazer parecer mais gorda e o que vemos como barriga é o rabo, ou será que foi apenas desleixo???


domingo, 5 de junho de 2011

Já fui votar!!!

Afinal o destino de Portugal, está hoje em cima da mesa.

Não votei com todas as certezas do mundo, apenas com a convicção absoluta que o Socríssimo não podia continuar a enganar toda a gente durante mais tempo.

Espero com ansiedade os próximos desenvolvimentos políticos, com um governo a liderar Portugal, conjuntamente com BCE, FMI e CE; Portugal precisa de mudanças urgentes e pulso firme, na Justiça que se quer mais célere e mais pesada, na Segurança Social que se quer mais justa e menos relaxada, na educação que se quer mais exigente, na Saúde em que se quer mais qualidade e melhor acesso, no Trabalho que se quer mais eficiente e produtivo.

Precisamos de uma mudança de mentalidades, de culturas, uma mudança de gente e de partidos, espero muito sinceramente que os políticos eleitos ponham de lado divergências e se unam por Portugal, para Portugal.

Depois desta reflexão (sim, que também a amadureço as ideias enquanto escrevo) continuo na dúvida se será possível mudar Portugal, mas mantenho a esperança que sim.

Adios Muchacho!


O objectivo da campanha do PS foi cumprido, Portugal pode respirar de alivio, a sua defesa foi assegurada!!!

sexta-feira, 3 de junho de 2011

Coisas que me fazem sorrir.

Aidan Reed é um rapazinho de cinco anos, a quem em Setembro do ano passado foi diagnosticada uma leucemia linfoblástica.

Graças a Deus que a sua probabilidade de vencer a doença é de 90%, contudo os tratamentos a que teve e tem de se sujeitar eram demasiado dispendiosos para o que a sua família podia pagar, os seus pais hipotecaram tudo, mas não era suficiente.




Foi então que Aidan, se lembrou de vender desenhos feitos por si, acerca dos seus heróis, e desencadeou uma onda de solidariedade de tal ordem que neste momento, a casa da sua família está a salvo, e dispõem do necessário para o resto da sua cura, houve desenhos comprados por 20 mil euros, valha-nos os corações bons de algumas pessoas.

Isto é coragem e determinação, de uma criança que surpreendeu a todos.



quinta-feira, 2 de junho de 2011

Cada vez me convenço mais

Ao ler noticias como estas, cada vez me convenço mais, de que a gente de Portugal tem uma falta de crescimento interior enquanto povo, que me desfaço em lágrimas, pelos anos luz que ainda teremos de percorrer para chegar aos pés destes senhores.

Quando a terra cedeu no Japão, provaram ao mundo que são uma nação pela comunidade e pelo todo, mas pedirem para trocarem com os mais novos para situações de risco, ultrapassa todas as expectativas, mostram que são altruístas e desprendidos, mostram que põem o interesse da comunidade acima dos individuais.

Eu tenho um sonho de um dia, Portugal também poder ser assim.

quarta-feira, 1 de junho de 2011

Dia Mundial da Criança

18 anos sem pagar renda?

Muita gente não consegue perceber que existam pessoas que não se esforcem, nem querem mais, que não sejam exigentes, que se resignem a uma vida de miséria, a mim custa-me muito, mas também não tenho o direito de julgar os outros nem as suas escolhas, as vezes ainda me esqueço desta premissa valiosa, pois assim como fizerdes assim te farão, e caio em tentação de julgar o próximo.

Este vídeo é um dos casos, mas graças a Deus, que cai em mim a tempo, e não vou julgar, apenas expressar pena, pelo estado da Justiça em Portugal e pena pelo estado de pobreza intelectual da nossa gente.


designed by Charming Templates